0

Logo alfacon Alunos Aprovados

Estude com quem mais aprova!

  • 1/3 dos aprovados na Polícia Federal são Alfartanos!
  • 1º lugar nacional na Polícia Rodoviária Federal é Alfartano!
  • 1º colocado no DEPEN é Alfartano!
  • 662 aprovados no INSS são Alfartanos!
  • Mais de 400 aprovados no TJ PR são Alfartanos!

Faça parte dos mais de 55.000 alunos aprovados!

Evandro 01
  • Janilson Erick IBGE - 2017
    Mqdefault
  • Matheus Brito Polícia Militar da Bahia - 2017
    Mqdefault
  • Waldir da Silva Polícia Militar da Bahia - 2017
    Mqdefault
  • Juliana Santos de Oliveira Polícia Militar da Bahia - 2017
    Mqdefault
  • Cleandro dos Santos Carvalho Susepe - RS 2017
    Blank avatar

    Meu nome é Cleandro dos Santos Carvalho, tenho 30 anos, sou de Porto Alegre-RS e fui aprovado no concurso da Susepe RS.

    Decidi começar a estudar para concurso público por conta da estabilidade e realização profissional. Para este certame estudei focado por 3 meses, sendo que estudo há quase 4 anos. Segui o método do Sou+, vídeo-aulas à noite e 3h de estudos pela manhã, pelas apostilas e fim de semana revisões e exercícios.

    Trabalhava apenas 6h por dia, logo conseguia conciliar tranquilamente. Estudei com os materiais do AlfaCon. Como estudei com edital aberto mantive o foco o tempo todo. Essa é a pior parte na vida de um concurseiro, abdicar da "vida" pelo concurso. Mas como estudo há anos e já fui aprovado em outros concursos, aprendi que esse é o caminho.

    Me distanciei de amigos, familiares enfim, abri mão do lazer e das companhias, pois sabia que era necessário. Fiz outros concursos além desse e fui aprovado para Agente de Trânsito em Porto Alegre e Guarda Municipal em Porto alegre. A sensação depois de ser aprovado é de missão cumprida, de que vale a pena o sacrifício.

    Comecei a estudar com o edital aberto e conheci o AlfaCon pelo YouTube. O AlfaCon me auxiliou principalmente pela estrutura de como estudar, como organizar e planejar os estudos, além da motivação dos profs. Meus métodos de estudo era realizar exercícios e flashcards.

    A maior dificuldade era abdicação do lazer, mas mantive o foco sabendo que haveria retorno esperado. Potencializei meus estudos até o dia da prova e, acredito que revisões e exercícios tenham sido realmente efetivo para minha aprovação.

    O sacrifício é temporário, a recompensa é para sempre e vale cada esforço.

    Ler depoimento completo
  • Luis Felipe Lima de Souza Polícia Militar do Pará - 2016
    Blank avatar

    Meu nome é Luis Felipe Lima de Souza, tenho 25 anos e moro em Dom Eliseu-PA. Fui aprovado no concurso PM-PA e estou concluindo um curso tecnólogo, com objetivo de prestar o concurso da PRF.

    Decidi estudar para concurso público por causa da estabilidade. Na verdade, nunca estudei especificamente para o concurso da Polícia Militar, quando saiu o edital estudei por cerca de 2 meses as matérias específicas pois já tinha um conhecimento razoável de outros concursos, como o do meu cargo atual (Agente de Trânsito), estudava cerca de 2 a 3 horas por dia. Sempre trabalhei e estudei, no começo estudava somente a noite depois do serviço, mas com o passar do tempo fui aumentando a carga horária e comecei a estudar durante a madrugada e finais de semana. Estudei com vídeo-aulas e comprei uma apostila da PRF, todos os materiais do AlfaCon, material de ótima qualidade focado no conteúdo cobrado pela banca.

    Durante a preparação sempre surge a incerteza e a motivação vai diminuindo, então sempre procuro vídeos no YouTube com depoimento de aprovados e vídeos de curso de formação especificamente da PRF isso sempre me dá um ânimo.

    Sempre encontrei um tempinho para relaxar um pouco e tirar a tensão dos estudos. Sou casado, mas não tenho filhos, minha esposa sempre me deu apoio. Tentei a aprovação nos concursos MP-MA, TRT-PA, TJ-PA, BM-PA e alguns municipais, obtive aprovação no concurso municipal, no TJ-PA fui aprovado fora do número de vagas (139) e aprovação na PM-PA.

    Já sabia que esse concurso da PM-PA iria sair, porém só comecei a estudar quando abriu o edital. Conheci o AlfaCon porque um amigo falou que tinha uns caras bons no YouTube um tal de “ALFA”, aí fui pesquisar e encontrei um vídeo do Evandro. O AlfaCon me ajudou de todas as formas, mas o essencial foi a motivação.

    A maior dificuldade foi a motivação e falta de estrutura para estudar, sem nenhuma pessoa para conversa sobre concurso a única coisa que restava era apelar para a internet. Superei através do investimento e recursos, como internet e materiais de estudo.

    Na véspera da prova tento relaxar o máximo possível pois a ansiedade não me deixa dormir direito e isso atrapalha no dia da prova. O passo principal para a aprovação foi a escolha de um curso de qualidade e a principal falha foi ficar tentando vários concursos.

    A dica principal é foco, escolha uma área de concurso e siga em frente. Não tente ficar mudando de área por qualquer concurso, o foco é o principal para uma aprovação mais rápida.

    Ler depoimento completo
  • Heitor Martins Cabral Polícia Militar do Piauí - 2017
    Blank avatar

    Meu nome é Heitor, tenho 23 anos, sou de Teresina/PI e fui aprovado em 9º lugar na PM PI. Decidi começar a estudar para concursos por ser a melhor oportunidade de obter estabilidade e, assim, tranquilidade financeira para seguir com meus projetos de vida.

    Fiz esta prova com menos de 1 mês de preparação, para isso, utilizei a experiência adquirida em preparações passadas para montar uma estratégia de estudo eficaz que consistia em 4 horas de estudo diárias, com revisões constantes e periódicas para consolidar o conhecimento já estudado. Houve uma dedicação especial às disciplinas de português e matemática, pois não as estudava por muito tempo. Foi uma ótima experiência, pois com ela pude comprovar uma técnica de estudo eficaz desenvolvida após muitas derrotas no ramo dos concursos, como também entender que todas as disciplinas merecem o foco adequado, neste caso, foi dado prioridade às disciplinas básicas, pois tinha dificuldade nelas e também por saber que elas que fazem a diferença no seu destacamento em relação aos demais candidatos.

    Apenas estudava para concurso, porém este período coincidiu com o fim do curso superior em direito, que acabou tornando mais difícil de dar o foco necessário para uma preparação mais tranquila. Mas, com organização e disciplina, não há que se falar em falta de tempo.

    Estudei com aulas em vídeo e apostilas resumidas em formato Pdf. Nem mais nem menos do que o suficiente.

    Nem sempre estive motivado. Após a empolgação inicial, o cansaço toma conta em algum momento e sempre vem à mente o desejo de relaxar ou desistir, o próprio cansaço da preparação faz vir à tona uma diminuição de ritmo que vai ficando cada vez maior proporcionalmente à fadiga. Entretanto, quando temos em mente que a dor é passageira, mas a glória da aprovação é “eterna”, nosso psicológico nos fornece os subsídios necessários para ir além e ultrapassar os limites anteriores.

    Foi bastante tranquila a preparação, apesar da diminuição do ritmo da vida social ser um aspecto que faz diferença, com o exercício da abstinência se passa a gostar dessa ” vida de concurseiro “, chega a ser viciante exercer essa espécie de sacrifício e o orgulho se torna maior quando ele é recompensado. Além de tudo, é uma ótima oportunidade para amadurecer e evoluir suas virtudes, através do exercício da resiliência.

    Eu namoro e moro com meus pais. Apesar de concordarem com o objetivo almejado, nem sempre, até mesmo sem querer, eles acabam contribuindo para que isso aconteça. Por várias vezes eles mesmos nos incentivam a deixar um pouco o estudo de lado e nos colocar em dilemas emocionais que nos distanciam dos estudos, mas, no fim das contas, acabam entendendo e nos apoiando da forma necessária para que o sonho se concretize.

    Tentei outros concursos além desse. Tenho um longo histórico de reprovações em outros certames em que, a cada derrota, procurei ver em quais pontos estava errando e onde poderia melhorar, a cada fracasso, apesar da tristeza, fui reavaliando meu método de estudo e assim construindo novos que funcionavam cada vez mais até chegar ao método atual, que se mostrou suficiente para uma boa colocação e a consequente aprovação.

    Conheci o AlfaCon por recomendação de amigos. Eles sempre me ajudaram com dicas de estudo, bizus, materiais de alta qualidade e uma equipe de professores excelentes, tanto na transmissão de conhecimento quanto de motivação, fizeram toda a diferença para que meu objetivo fosse alcançado.

    Meus métodos de estudo eram: Revisões periódicas - uma no mesmo dia que viu o conteúdo, outra uma semana depois e outra um mês depois, para evitar a curva de esquecimento cerebral. É simples e muito eficaz; simplificar o conteúdo a cada revisão também torna a absorção mais fácil.

    A maior dificuldade que enfrentei foi pressão social por uma aprovação e a melhoria de situação financeira. Mas superei tudo isso apenas bloqueando o que fazia mal e tendo fé e foco no que poderia fazer bem!

    A experiência anterior em outros concursos ajuda a manter o equilíbrio quando a prova se aproxima, pois, o psicológico equilibrado é fundamental para um bom desempenho em qualquer tarefa. Busca por mensagens motivacionais na internet e leituras que contribuíram para a edificação de uma base emocional forte ajudaram muito nessa etapa, além disso, o descanso e distração na véspera da prova são essenciais para manter a calma no tão esperado dia.

    Acredito que o que realmente foi efetivo na minha aprovação foi a experiência, a tranquilidade, a disciplina e a fé. Sim, muitos momentos a preguiça me impediu de ter um desempenho melhor, mas isso será corrigido em futuras preparações.

    Não desista nunca, tenha fé e se não deu certo, não desanime, procure conversar com quem tem experiência maior e reavaliar seu método de estudo até achar um que funcione para você, não tenha medo de se reconstruir e tentar novas estratégias, um dia funcionará!

    Ler depoimento completo
  • Luis Gabriel da Silva Mendes Polícia Militar do Piauí - 2017
    Blank avatar

    Meu nome é Luis Gabriel, tenho 21 anos,

    estudei com o AlfaCon, sou de Teresina/Piauí e fui aprovado no concurso da Polícia Militar do Piauí,

    23ª classificação.

    Decidi estudar para concurso

    porque gosto da rotina de trabalho (área policial sempre me atraiu) do serviço público, além da estabilidade (uma espécie de valorização do seu trabalho o que dificilmente iria encontrar na iniciativa privada).

    Estudei por 3 anos, mas ainda continuo na luta até atingir meu cargo fim (polícia federal). Eu sou bem desorganizado,

    mas o AlfaCon me ajudou muito.

    Fui vendo algumas aulas do

    professor Evandro Guedes

    de como se organizar e aos poucos ajustei minha forma de estudar. Separo em média 25 horas de estudo por semana (3h para português, matemática/RLM e informática, o que totaliza 9 horas. Com às 16 horas restantes divido para as matérias específicas e resolução de provas anteriores que são mais numerosas, porém mais fáceis de compreender).

    Eu apenas me dedico aos estudos. Dividia o tempo de estudos para concursos com a faculdade, contudo tentava fazer com que este não atrapalhasse aquele, pois concurso sempre foi a prioridade da minha vida.

    A princípio estudei por vários cursinhos e isso me deixava perdido, mas não pela má qualidade, pois a maioria dos cursinhos hoje em dia tem materiais bons. Depois fui percebendo que devemos seguir um único material pois nossa mente vai aos poucos criando uma memória fotográfica dele.

    Eu assisti muitas aulas do AlfaCon para ir conhecendo as matérias, mas cheguei ao ponto de que apenas ler as apostilas e livros de questões era suficiente, exercitava todo o conteúdo de tal forma que compreendia completamente. Estou voltando a ver vídeo-aulas pois é sempre bom dar uma ”reciclada” nos seus conceitos e tendências das bancas examinadoras.

    Nunca pensei em desistir nessa caminhada.

    Minha vida é isso e não consigo ter uma segunda opção e com o tempo fui ficando viciado em fazer as provas. Agora desmotivado já fiquei inúmeras vezes estudando pouco e com o medo de não conseguir a aprovação, mas sempre busco pensar que se eu não fizer minha parte estarei dando possibilidades de não ser aprovado.

    Quando iniciei meus

    estudos

    simplesmente larguei tudo. Com o tempo vi que isso gera muita pressão e fui voltando a fazer atividades sociais novamente, como jogar bola ou bater papo com um amigo, mas sempre preenchendo a maior parte do meu tempo com dedicação aos estudos.

    Sou solteiro e minha família sempre me apoiou, seja incentivando ou dando pressão, rs. Antes de entrar nesse submundo dos concursos tinha muitos amigos, não tive nenhum conflito com eles, apenas a minha rotina não permitia ter tanto contato frequente, mas com o passar dos anos fui

    mergulhando forte nessa minha META

    e hoje a maioria dos meus

    amigos são outros concurseiros.

    Ficar rodeado por quem almeja o mesmo que você ajuda muito.

    Já tentei vários outros concursos.

    Ao todo já fiz 16 provas. Sempre busquei ir fazendo provas para testar meus conhecimentos, além de buscar levar ”porrada” para saber o que eu estava errando. Fazia apenas aquelas que tinham 80% das matérias que estudo (pouco importando se era concurso ”difícil” ou não).

    Da área policial já fiz 3 concursos: Polícia Civil do Pará, Agepen e PM Piauí e fui aprovado em 2: Polícia Civil do Pará e a Polícia Militar do Piauí.

    Os outros 13 fiquei aprovado em alguns, mas como a maioria era da área administrativa, costuma chamar pouco. Para alguns pode ter sido perda de tempo, entretanto foi com os treinamentos e erros dessas provas que já realizei que consegui encontrar o meu jeito certo de estudar.

    Comecei os estudos em 2014 e pouco me importava com edital, afinal só fui entender como funciona o mundo dos concursos com mais de um ano de estudo, após conhecer o AlfaCon. Sem edital é minha maior motivação pois penso que quando vir o edital tenho que estar preparado e a BASE da sua preparação é toda feita na preparação pré edital.

    Conheci o

    AlfaCon

    através de um aulão ensinando a estudar para concurso. É um diferencial e tanto!

    O AlfaCon me ajudou nessa jornada

    com seus materiais sintéticos mostrando o que costuma cair mais nos concursos. Tendo esse ponto de partida o concurseiro consegue ”dar seus próprios passos” para compreender as matérias.

    No início do ano comecei a montar uma apostila com folhas de papel A4 encadernada contendo o resumo de aulas e a partir disso fui e ainda estou fazendo inúmeras questões, caso o conceito de resolver alguma delas NÃO estiver em meu resumo então logo dou um jeito de acrescentar. Com isso consigo revisar uma matéria inteira de forma mais rápida.

    Atualmente, Graças a Deus, quase todas as minhas dificuldades estão relacionadas a dinheiro. Graças a deus porque é fácil de resolver. É só estudar e buscar a mudança de vida. Então quanto mais eu estudar mais fácil irei me livrar desse problema.

    Por vezes você vai pensar estar no caminho errado por causa de uma reprovação, mas saiba que essa estrada está te mostrando quais são os seus erros. Das questões que errou procure verificar se ela está no material que você utiliza, veja se faltou resolução de questões para fixar o conteúdo que errou. Concurseiro tem que fazer provas e simulados, use eles para saber em que você está errando. Além disso tenha muita fé e amor pelos seus estudos.

    Ler depoimento completo
  • Hugo Humberto de Carvalho Costa Polícia Militar de Goiás - 2017
    Cymera 20160828 124154

    Decidi estudar para concurso público pensando no futuro da minha família. Sou casado e minha esposa me ajudou muito na minha vitória. Quanto à minha preparação, dedicava-me às matérias por igual e segui os conselhos do Evandro Guedes. Me esforcei muito mesmo, larguei as redes sociais no período em que eu estava estudando para que não

    atrapalhasse a minha caminhada. Todos os dias eu assistia as vídeos aulas. Agradeço muito a vocês da equipe Alfacon.

    Eu conciliava os estudos com o trabalho. Trabalhava até às 18 horas e começava a estudar a partir das 19h15 e não tinha hora para parar. Estudei com os materiais do ALFACON que tinham todo o conteúdo necessário para a minha preparação, com isso sempre estive motivado pois tinha o melhor material para estudar.

    Durante a preparação, abri mão de muita coisa, sai das redes sociais, Whatsapp, facebook e nao participei das festas de fim de ano de 2016. Antes da minha aprovação, tentei outros concursos e não consegui aprovação pois não tinha o material certo mas sempre fazia provas anteriores para treinar.

    Comecei a estudar com edital aberto e conheci o Alfacon pelo youtube. A equipe me ajudou com seus excelentes materiais e professores. Sou muito grato mesmo! Utilizava algumas técnicas para memorizar o conteúdo. Tentava repetir tudo o que eu tinha visto na minha mente como se a mesma estivesse me dando aula e foi uma técnica muito eficaz.

    Nunca desistam dos sonhos pois as dificuldades tornam as vitórias mais gloriosas!

    Ler depoimento completo
  • Isis da Costa Andrade Polícia Militar do Piauí - 2017
    Blank avatar

    Meu nome é Isis, tenho 30 anos e fui aprovada em 3º lugar no concurso da PM-PI. Resolvi começar a estudar para concurso público porque eu via a oportunidade de estabilidade, salário razoável se comparado com a iniciativa privada. E realizar um sonho de ser policial.

    Passei 3 anos me dedicando ao estudo com afinco. Trabalho em uma empresa de call center porque a carga horária de trabalho é de 6 horas diárias. Aproveitava qualquer oportunidade de tempo livre estudar, mesmo no horário de trabalho entre uma ligação e outra com o risco de ser penalizada sempre estava revisando os meus conteúdos e respondia questões. Chegava em casa depois das 3 horas da tarde e depois disso que almoçava. Às 5 horas estudava com intervalos de 10 minutos e 2 minutos a cada uma hora e meu estudo terminava só depois de 1 hora da manhã.

    A divisão das disciplinas era duas ou três disciplinas por dia. Para este concurso me dediquei, mas às disciplinas específicas, reservando 4 dias da semana e os outros 3 para as básicas.

    Era necessário trabalhar porque não tinha opção de me dedicar somente aos estudos e mesmo no trabalho levava meu material de estudo mesmo com a possibilidade de punição. Estudei com conteúdo em Pdf computador, no principalmente no celular, apostilas empresas, vídeo aula, livros, material de questões cedidas por amigos e algumas revisões presenciais.

    Muitas vezes pensei que seria difícil, mas nunca pensei em desistir porque não tinha opção, como o Evandro Guedes diz: “estuda que tua vida é uma merda”. Tive que abrir mão de muita coisa inclusive vaidade, saída, encontros com familiares. E isto tudo não foi fácil porque muitas pessoas ao redor não entendiam.

    Sou casada. E meu esposo me incentivou muito durante este período de preparação e continua me incentivando para estudar para outros concursos.

    Tentei outros concursos além desse. Fui classificada no concurso do Corpo de Bombeiros do Estado do Piauí, mas por conta de fraude o concurso foi anulado e foi muito difícil voltar a estudar.

    Antes do edital aberto eu já estudava. O local onde trabalho foi a principal motivação para estudar.

    Conheci o AlfaCon por meio de indicações de amigos. O AlfaCon me ajudou com acesso às aulas gratuitas, principalmente no YouTube.

    A maior dificuldade que enfrentei foi continuar estudando e ver que tinha pessoas se preparando em cursinhos que são de fato considerados muito bons e me ver estudando sozinha. Mas superei tudo isso com o pensamento de quem precisava vencer a mim mesma.

    Durante os estudos eu começava a ver que tinha capacidade de garantir a minha vaga neste concurso e devia acreditar principalmente nisto. Acredito que preciso melhorar muito na organização dos meus estudos, do método de estudo de modo que seja não só eficaz, mas também eficiente.

    A aprovação é possível desde que se tenha paciência e muita dedicação. Será uma escolha difícil, mas o resultado chega se primeiramente acreditar em si. Também é importante se preparar com quem realmente pode lhe orientar para garantia do sucesso e o AlfaCon com certeza pode ajudar a quem está em busca da aprovação.

    Ler depoimento completo
  • Rodrigo Rodrigues Polícia Militar de Goiás - 2017
    Blank avatar

    Comecei a estudar em setembro de 2016 para a prova que seria em Janeiro de 2017. Foi um período curto, mas que eu sabia se estudasse de forma certa e me dedicasse, eu conseguiria passar na frente de muitos e garantir minha aprovação. Minha rotina de estudos era de aproximadamente 5h líquidas diárias. Para minha prova, me dediquei muito ao Direito Penal Militar e Português, pois eram as duas que eu tinha mais dificuldade. Trabalhava meio período e o restante do dia estudava.

    Estudei com o material Alfacon, e todas as videoaulas são bastante objetivas e as apostilas muito simples e didáticas. Sempre fui apaixonado pela polícia militar e mesmo diante de dificuldades que surgiram, me mantive firme no meu propósito que era a realização do meu sonho.

    Também sempre fui muito baladeiro e rodeado de amigos, rs. A parte mais complicada era chegar nos finais de semana e todos chamando para sair e eu ali firme em frente ao computador estudando. Sou solteiro e moro com meus pais que sempre me incentivaram muito nos estudos e também ajudaram muito custeando todas as fases do concurso.

    Já havia feito a prova da Polícia Militar de Minas Gerais em 2015 e também conseguido a aprovação, porém fui reprovado em uma fase do concurso e até então não havia nenhuma previsão para a prova de Goiás e por conta disso nesse período fiquei sem estudar.

    Folheava algumas coisas sem edital, mas peguei firme mesmo quando o edital saiu, coisa que eu não recomendo, pois poderia ter ficado em uma melhor colocação caso tivesse começado a preparação de forma antecipada.

    Conheci o Alfacon no início, quando ainda era apenas Alfa cascavel, através da internet. Essa empresa foi primordial para a minha aprovação, pois minha preparação toda foi em cima dos materiais dessa empresa.

    Não utilizava nenhuma técnica específica, só focava mais nas matérias que eu não me identificava e não gostava, pois sabia que ali moravam minhas maiores dificuldades.

    Uma das maiores dificuldades que enfrentava no período em que estudava, na maioria das vezes, foi o sono e o cansaço. O que fiz para superar esses obstáculos? Tive foco no que eu realmente queria me tornar e aí as coisas aconteceram naturalmente.

    Na semana que antecedeu a prova, tentei ficar o mais relaxado possível, praticando esportes e também não peguei em nenhum material 3 dias antes da prova.

    Creio que eu deveria ter resolvido mais questões, pois aprendi muita teoria e no final não respondia uma quantidade de questões considerável, e isso talvez tenha sido meu maior defeito na preparação. Como o Evandro sempre diz:

    ”Jogo é jogo e treino é treino”

    e faltou mais treino para jogar melhor.

    O segredo é se blindar. Deixar de ouvir muita coisa, principalmente daqueles que não tem contato com concursos e não conhecem sua história, aproximar-se de pessoas que te motivam a vencer, e o principal: estudar e estudar independente de tudo, pois uma caminhada cheia de obstáculos com certeza será agraciada com uma grande vitória!

    Ler depoimento completo
  • Jorge Francisco dos Santos Filho Polícia Militar do Piauí - 2017
    Blank avatar

    Decidi estudar para concurso por conta da estabilidade financeira. Já tinha uma base nos estudos, pois estudo há muito tempo para concursos. Peguei as disciplinas que tinha mais dificuldade e estudei assim que saiu o edital, o que não é recomendado, mas aproveitei que a primeira prova foi anulada devido a suspeita de fraude e intensifiquei meus estudos. Isso me deu mais tempo para estudar, me dediquei mais às disciplinas específicas pois eram peso 2, fazia muitas questões.

    Precisava conciliar os estudos com o trabalho e com a faculdade. Trabalhava pela manhã e fazia faculdade à noite. A gente acaba tendo que priorizar o concurso em detrimento de outras coisas. É o preço a se pagar por algo maior.

    Estudei com apostilas, lista de questões, vídeo-aulas e etc.. Os materiais ajudaram bastante! O desânimo sempre bate. Pensei em desistir várias vezes. O que motiva é a busca da realização pessoal, dos sonhos, a busca pela estabilidade, ajudar a família, constituir uma, já que sou novo.

    Evitei sair algumas vezes, mas com disciplina dá para conciliar. Não precisei ficar totalmente recluso, mas durante o estudo procurava focar naquele momento em que estava estudando. Abdiquei de muitas coisas, principalmente dos finais de semana.

    Sou noivo, mas ainda moro com meus pais. Aqueles que se afastaram realmente não fazem falta para mim. Já a família, a noiva, os verdadeiros amigos permanecem e me apoiam incondicionalmente.

    Eu já fui aprovado em outros dois concursos, PM Maranhão e Guarda Municipal de Teresina, mas infelizmente não consegui passar no TAF pois tinha dificuldade no abdominal. Sempre é bom fazer provas para ir pegando o ritmo e fiz muitas, principalmente de carreiras policiais. Sou perseverante e dessa vez consegui ser aprovado no TAF.

    Sempre me mantenho estudando. No caso da Polícia Militar do Piauí comecei a estudar com edital aberto apenas as disciplinas que eu tinha dificuldade.

    Nesta vida árdua de concurseiro é impossível não conhecer o AlfaCon. Quem busca bons materiais acaba consequentemente por encontrar. Conheci pela internet e me ajudaram muito nas revisões e aulões gratuitos. O que mais me ajudou foi resolver as questões.

    As maiores dificuldades que passei são as que todo concurseiro enfrenta: falta de dinheiro, estímulo, dúvidas sobre qual carreira focar, fraudes, falta de apoio de algumas pessoas dentre outras coisas. Mas superei todas as dificuldades acreditando em um sonho maior.

    Sou muito ansioso, mas nos últimos dias procurei revisar somente e relaxar um dia antes da prova. Acredito que o que foi realmente efetivo para minha aprovação foi revisar e revisar. Eu procuro ver o mesmo assunto várias vezes e responder o máximo de questões sobre determinado assunto. As questões muitas vezes se repetem e as bancas não fogem disso. Sempre tem falhas, sempre se pode estudar mais!

    Desistir não é uma opção. Vários editais se abrindo. Foquem em uma carreira e caiam para cima! Dêem o seu melhor e mantenham a disciplina de estudos. Cada um tem sua melhor forma de estudar, não existe fórmula mágica! E por fim… você pode ser O QUE QUISER, basta ACREDITAR E CORRER ATRÁS. FAÇA A VIDA VALER A PENA!

    Ler depoimento completo
  • José Octaviano de Albuquerque Filho Polícia Militar de Goiás - 2017
    Images %287%29

    Meu nome é José Octaviano de Albuquerque Filho, tenho 31 anos, sou de Goiás e fui aprovado no concurso da Polícia Militar de Goiás, para o cargo de Soldado. Decidi estudar para concurso por conta da estabilidade concursal e afinidade profissional com desempenho da função.

    Para este concurso da PM GO foram 15 meses de estudos constantes com aproximadamente 4 horas de estudos por dia. Sempre me dediquei por completo a todo conteúdo programático, pois todas as matérias possuem grande relevância, além de se complementarem.

    Eu precisava conciliar estudos, trabalho e família, sendo minha rotina de 8 horas diárias de trabalho, com ao menos duas jornadas com cerca de 4 horas extras por semana, além de outras atividades extras nos finais de semana.

    Estudei apenas com as vídeo-aulas e o material disponibilizado pelo curso AlfaCon em Pdf.

    Comprei uma apostila de exercícios e participei dos aulões. Torna-se importante suscitar que anteriormente já estudei muito para outros concursos somente com material doutrinário impresso cominado com apostila de questões e não adiantou. Mas quando adquiri as vídeo-aulas do AlfaCon, notei uma grande mudança no meu desempenho nos concursos! Quando o conjunto fica completo, realmente dá certo!

    Como o Evandro disse certa vez, ‘’não adianta somente estudar, tem que saber estudar e ter um material didático pedagógico de excelência’’. E com o curso AlfaCon eu aprendi a estudar, como também tive acesso a um material realmente de primeira!

    A motivação vem e vai. Pensei por diversas vezes em desistir, pois o cansaço é tremendo, o desgaste é grande e a fé e esperança muito pequenas. O que me ajudava a seguir em frente e não desistir realmente é Deus. Mas a forma dinâmica e descontraída que as aulas são ministradas no AlfaCon, somada com a formação de um grupo de estudos também me ajudou, pois havia uma troca de apoio de acordo com a alternância da desmotivação.

    Foi um período muito difícil, pois festas e amigos podem esperar, mas filhos e esposa não! E acaba que devido ao labor diário, já não havia muito tempo para interagir, curtir e me divertir com os meus filhos. Quando comecei a estudar o pouco tempo que me restava para família havia acabado.

    Constantemente meus filhos me reclamavam que eu trabalhava demais e estudava demais e sempre me indagavam do motivo daquilo tudo, se no fim o mais importante eu não tinha, que seria o tempo para passar com eles.

    Sou casado há 12 anos, tenho 3 filhos. Meus filhos não compreenderam assim como ainda não compreende a abdicação necessária para os estudos. A esposa compreende, mas não aceitou muito bem, tanto que nossa relação ainda se encontra meio abalada devido a distância que se formou.

    Tentei outros concursos. Tenho estudado e me preparado para o Concurso de Delegado da Polícia Civil, ainda tenho este sonho, e pretendo realizar. Comecei a estudar antes do Edital. Para estudar sem edital é que concursos sempre vão ter, o difícil é estar preparado no momento certo.

    Um amigo meu me indicou o AlfaCon. O AlfaCon me ajudou de todas as formas possíveis, superando minhas expectativas. Ensinaram-me a estudar, disponibilizaram um conteúdo completo, de fácil compreensão e objetivo. Seus professores extremamente capacitados, com grande capacidade didática e excelente hermenêutica pedagógica. Sem falar no acompanhamento personalizado e individual que a equipe AlfaCon tem para com seus alfartanos. Agradeço a Deus e a vocês!

    Geralmente utilizo técnicas de memorização que já são comumente utilizadas por operadores do Direito, a que mais gosto e utilizo é do nosso amigo Aristóteles, chamada Ligação Mnemônica. Descobri ela com vocês.

    A maior dificuldade foi o cansaço e uma grande sensação de não absorção do conteúdo. Parei de estudar 7 dias da semana e comecei a separar um dia da semana para descanso, isso me ajudou a superar essas dificuldades.

    Devido a ansiedade, nervosismo e principalmente insegurança, potencializei os meus estudos. Mas o que me ajudou a relaxar foram os aulões que antecederam o concurso e um bom desempenho nos questionários.

    Acredito que o que realmente foi efetivo na minha preparação foi a alta qualidade do material didático (vídeo aulas, Pdf e questionários), além da atenção e acompanhamento por parte da equipe AlfaCon.

    Concurso público é igual fila de Banco, exige esforço, paciência, resiliência e preparação para permanecer inabalavelmente convicto a não desistir, pois naturalmente um dia chegará a sua vez!

    Ler depoimento completo
  • Willian Silva de Oliveira Polícia Militar de Goiás - 2017
    Maxresdefault

    Meu nome é

    Willian Silva de Oliveira, tenho 26 anos, sou de Nerópolis e fui

    aprovado no concurso da PM GO. Depois que entrei no exército, me despertou um sonho de ser Policial.

    Estudei específico para concurso a partir de 2015. A minha rotina de estudos não era muito organizada no início mas logo descobri o método utilizado mais adequado a mim, no qual tive este resultado.

    Dediquei-me mais em Português, pois é uma matéria de suma importância para a aprovação em qualquer concurso. Ser

    aprovado neste primeiro concurso não foi fácil,

    pois depois de ser reprovado em sete concursos públicos, a minha família e amigos não acreditavam mais em mim, diziam que isso não era coisa para qualquer um, mas diante muita batalha,

    o esforço me proporcionou a vitória.

    Como dito anteriormente, me dediquei mais para as

    matérias básicas, pois era minha maior deficiência no qual obtive 12 questões de 15. Como eu não tive condições de fazer grandes investimentos, eu comprei uma apostila específica para a

    polícia militar de Goiás, e li ela 5 vezes, fora inúmeras questões e simulados resolvidos por mim. Além do mais, participei do

    missão Goiás 1 e 2, no qual me deu mais sustentabilidade e confiança no dia da prova.

    Tive que conciliar os estudos com o estágio que fazia no Tribunal de Justiça do Estado de Goiás.

    Estudei pela apostila específica

    para polícia militar do Alfacon, como dito anteriormente, não tive condições de adquirir um curso completo para PM por vídeo aula, então abracei a oportunidade do excelente

    material redigido por vocês do Alfacon, além de vídeos gratuitos disponibilizados no YouTube, mais os Eventos de missão Goiás 1 e 2.

    Eu nunca pensei em desistir dos meus sonhos e ainda continuo estudando e lutando para adquirir o mais desejado sonho de ser um Policial Federal.

    Abdiquei de bebidas e quaisquer tipo de relacionamento afetivo com mulheres, pois abri mão do que poderia tirar meu foco, para conseguir a tão sonhada aprovação.

    Atualmente namoro com uma mulher que também está focada para concursos na carreira Policial. Minha família aceita minha rotina de estudos, mas ainda desacredita que eu possa conseguir algo melhor que isso. Porém isso só me motiva a estudar ainda mais.

    Tentei outros concursos para polícia civil papiloscopista de Goiás e do DF, agente penitenciário, analista da receita federal, Polícia Civil de Goiás, Bombeiro de Goiás, Polícia Militar de Goiás no qual foi aprovado, CFO DF, Delegado Civil de Goiás e dentre outros que se enquadram em processo seletivo.

    Comecei com edital ainda não publicado, depois me adaptei ao edital aberto.

    Conheci o Alfacon por amigos que ainda estudam com vocês.

    O Alfacon ajudou na minha caminhada por meio da

    apostila da PM-GO mais os eventos do missão Goiás e vídeos do YouTube que a empresa disponibiliza.

    Eu tenho TDA, então a técnica de uso para os estudos foi a repetição constante de estudos. A dica é manter o foco, e não desistir dos seus sonhos mesmo que você tenha reprovado por diversas vezes pois só na base da persistência que você adquire a vitória, e assim que faz todos os campeões. Além do mais, ninguém nasce campeão, ele se torna um campeão.

    Ler depoimento completo
  • Vanessa Fernandes dos Santos da Silva Polícia Militar da Bahia - 2017
    Blank avatar

    "Sou formada em História e decidi estudar para concurso em busca de estabilidade. Estudei por 8 meses para esse concurso. Procurei equilibrar os estudos contemplando a parte geral e a parte específica.

    Trabalhava e estudava. Precisei conciliar meus estudos com o trabalho e por esse motivo todo o meu tempo livre era dedicado aos estudos. Estudei usando vídeo aulas, apostilas, e o curso Alfacon. Durante a minha preparação, nunca pensei em desistir, por mais árdua que fosse a caminhada.

    Durante a preparação, sabemos que é preciso abrir mão de muita coisa, amigos, família, festas, enfim, tive que abrir mão de sair, do tempo com minha família e também deixei de fazer muita coisa de que gosto. Abdiquei inclusive do tempo de descanso para estudar.

    Sou casada e tenho uma filha e minha família foi fundamental para o meu sucesso. Compreendendo inclusive a minha ausência em alguns momentos. Comecei a estudar com antecedência e sempre que vinha o desânimo eu buscava apoio na minha família e em Deus.

    Conheci o AlfaCon pelo YouTube. As aulas são muito dinâmicas e os professores muito objetivos. Me ajudou a nortear os meus estudos e manter o foco.

    Por isso, deixo um recadinho para vocês: Mantenham o foco. Estabelecer um objetivo é persegui-lo até alcançá-lo."

    Ler depoimento completo
  • Juliana Santos de Oliveira Polícia Militar da Bahia - 2017
    Img 20170611 201101653 burst000 cover top 65

    "Não sou formada e só tenho o ensino médio completo. Fiquei em 1º lugar no resultado preliminar do concurso da PM BA na região 07 - Interior Itaberaba. Tenho um sonho de ser policial. O que me impulsionou nessa caminhada foi e é almejar melhores condições de vida pra minha família!

    Eu comecei a estudar em fevereiro de 2017, intensifiquei meus estudos em maio quando o edital da PM Bahia saiu, saí do trabalho, tranquei a faculdade e passei a estudar 6 horas por dia, resumia e revisava todas as matérias aos domingos e treinava redação.Eu gostava de estudar então foi tranquilo esse período. Me dediquei com compromisso e disciplina. Inclusive sai do trabalho e tranquei a faculdade só para estudar. Dedicação total!

    Estudei com os materiais do AlfaCon para ter essa excelente classificação. O curso online que adquiri foi o para oficial da PM Bahia, super completo, material de apoio excelente, tudo muito bom. Os professores sabem exatamente o que cai na prova, é impressionante!

    Não trabalho e moro com minha mãe mais 2 irmãos. Sempre tem quem não entende nossa caminhada no rumo dos concursos, quem julga, quem acha que estudar é não fazer nada. Mas me mantive motivada e consegui vencer!

    Eu me dediquei totalmente aos estudos. Não saia pra festa, estudava final de semana, feriado, dia santo, sempre com disciplina pois sabia muito bem o que queria, mudar de vida.

    Além de morar com minha mãe e meus irmãos, como citei acima, tenho namorado que me apoiou muito. Minha mãe também, mas a família não entendia muito que eu estava só estudando, mas não foi muito difícil. Esse foi o meu primeiro concurso público. Comecei a estudar antes do edital abrir.

    Sempre ouvi falar do AlfaCon, quem não conhece o melhor curso para concursos do Brasil?
    Friso novamente: Esse curso me ajudou em tudo, estudei exclusivamente pelo curso do AlfaCon. Motivação, bons professores de primeira.

    Utilizava as técnicas para memorizar o conteúdo focando muito em resumos e revisão. Me ajudou a aprender boa parte das matérias, pois era o que mais fixava os assuntos na minha mente. A maior dificuldade que enfrentei foi estar desempregada. O que me fez superar esses obstáculos foi o meu sonho de ser policial militar da Bahia.

    Sabemos que quando o concurso se aproxima é difícil controlar a ansiedade e o nervosismo. No dia da prova eu fui tranquila, eu fiz simulados no site de questões do AlfaCon. Nos últimos dias eu só revisava e procurei relaxar pra melhorar a ansiedade. No geral fiz a prova bem calma e com muita atenção. Eu acredito que fiz tudo que estava ao meu alcance. Me dediquei com disciplina e foco no meu grande sonho.

    Deixo uma mensagem para vocês: Jamais desista, tudo tem um tempo pra acontecer. Não é sorte é dedicação, disciplina e perseverança. Fé, força e foco!"

    Ler depoimento completo
Carregando...