0

Logo alfacon Alunos Aprovados

Estude com quem mais aprova!

  • 1/3 dos aprovados na Polícia Federal são Alfartanos!
  • 1º lugar nacional na Polícia Rodoviária Federal é Alfartano!
  • 1º colocado no DEPEN é Alfartano!
  • 662 aprovados no INSS são Alfartanos!
  • Mais de 400 aprovados no TJ PR são Alfartanos!

Faça parte dos mais de 55.000 alunos aprovados!

Evandro 01
  • Marcos Medeiros Polícia Civil do Mato Grosso do Sul
    Mqdefault
  • Gabriel Lopes Possamai Polícia Civil do Mato Grosso do Sul
    Mqdefault
  • Artur e Cristiano TJ SP 2017
    Mqdefault
  • Janilson Erick IBGE - 2017
    Mqdefault
  • Marcos Dias DEPEN 2015
    Marcos dias   01

    Meu nome é Marcos Dias, em 2014 eu entrei para o curso de Carreiras Policiais do AlfaCon, eu estudava de manhã, tarde e noite. Logo que abriu o edital do Depen, eu levanta 7h da manhã e estudava até 11h30, retornava às 14h e continuava o estudo. Por volta das 18h, começava a preparação para o TAF, então ia correr, fazia natação, ia a academia. À noite, a mesma rotina, estudo e mais estudo. Depois da dedicação, veio a aprovação. A formatura foi meu dia mais feliz. Estou feliz pra caramba! Tenho que aproveitar porque a caminhada não para aqui, vai continuar, mas aqui no Depen eu vou fazer o possível para ser o melhor servidor e cumprir a missão com orgulho. Só posso dizer que todo o esforço e estudo valeram muito a pena. Se pudesse, voltaria atrás e começaria tudo de novo porque a sensação de ser um parovado é indescritível.

    Ler depoimento completo
  • Rodrigo da Silva Corrêa Polícia Federal 2014
    Rodrigo correa

    Meu nome é Rodrigo da Silva Corrêa, tenho 35 anos e meu sonho sempre foi ser um Policial Federal. Em agosto de 2013 decidi começar a estudar e o grande “empurrão” foi a perda do emprego e alguns problemas de saúde. Acho que foi o destino. Não sabia nada sobre o assunto e busquei no Google: “Curso para concursos público”, foi quando eu encontrei um vídeo do Evandro e do Thállius ensinando sobre o assunto. Nesse vídeo, além das dicas, estava lá o Evandro falando do seu carro blindado de 400mil. Por várias vezes pensei em fechar aquele vídeo, mas sei lá, alguma coisa me prendeu ali e fez com que me fez “fechar” com o AlfaCon até hoje. Comprei a ideia, as apostilas, os cursos e... hoje eu tô aqui, Policial Federal. Agora entendi porque fiquei naquela página, acho que era o destino conspirando a favor. Estudei com muita dedicação por 17 meses, sábados, domingos e feriados, abri mão de tudo e de todos, fui chamado de antissocial por diversas vezes. Nem ligava. Mas, após ver meu nome no DOU, percebi o quanto valeu a pena aquilo tudo. Após todas as fases, que são muitas, ao longo de todo curso de formação, com a chegada do baile e da formatura a sensação é única e inexplicável. Fazer parte da maior, e na minha opinião, a melhor, força policial do país é um orgulho e uma honra muito grande. Sempre sonhei em fazer a diferença para o Brasil e a sociedade. O momento chegou. A ficha vai caindo aos pouquinhos, cada dia na nova profissão, uma nova experiência. Aqui cheguei e daqui não saio mais, pois hoje estou no melhor cargo, do melhor órgão do Brasil. Visto preto com muito orgulho, essa farda fala por si só. Agradecer ao Evandro e a Tati pela oportunidade e confiança (às vezes maior do que eu mesmo) e a toda equipe AlfaCon que me deram toda estrutura, suporte e conhecimento para que eu pudesse chegar a realização do meu sonho.

    Ler depoimento completo
  • Chayene Demarco Polícia Rodoviária Federal 2013
    Chayene demarco menor

    Chamo- me Chayene Demarco, conheci o AlfaCon em julho de 2010 e logo iniciei meus estudos em julho de 2010 na turma do MPU, pois estava com o Edital Aberto. Ao término da turma do MPU decidi continuar estudando e investir num projeto novo: Polícia Federal e Polícia Rodoviária Federal. Trabalhava, estudava e ainda arrumava tempo (após o horário da aula) para me preparar para o teste físico. Muitas vezes o cansaço batia, mas a vontade de vencer era maior. Consegui a monitoria e então decidi, mais uma vez, seguir os conselhos do Evandro. Em março de 2012 saí de um trabalho de quase 07 anos para me dedicar integralmente ao “mundo dos concursos” e foi a melhor escolha que fiz com toda certeza. Não fui aprovada no concurso para Agente de Polícia Federal em 2012, senti-me a pessoa mais derrotada do mundo, contudo, sou persistente e não desisto nunca até alcançar meus objetivos. Outros concursos vieram e muitas decepções também, porém, com muito estudo e persistência os resultados positivos começaram a aparecer. Em 2013, foram 03 aprovações: TJ-SP, PM-PR e o 1º lugar para AGEPEN. Ainda em 2013, fui aprovada para o tão sonhado concurso e hoje sou Policial Rodoviária Federal. E como consegui estes resultados? Com muito esforço, persistência e disciplina. Sempre segui os conselhos do Evandro e dos outros professores do AlfaCon.

    Ler depoimento completo
  • Áthyla Henrique Barbosa Travassos de Oliveira Polícia Civil Pernambuco
    Atila

    Meu nome é Áthyla Henrique Barbosa Travassos de Oliveira, sou de Caruaru, Pernambuco, tenho 25 anos e sou formado em Direito. Decidi estudar para concurso logo após a faculdade e escolhi a Carreira Policial. Conheci o AlfaCon no final de 2012 por meio de um grande amigo de estudo, que hoje é Policial Rodoviário Federal e comecei a estudar meados de 2013, com uma rotina de estudos bem organizada. Dividi 2 matérias por dia e sempre me dedicando mais às básicas. Desta forma, fui conciliando as matérias. Ainda em 2013 decidi me dedicar integralmente a concursos, ou seja, apenas estudando. Estudei apenas com os materiais do AlfaCon. Fiz meu próprio material também, fiz resumos e guardei todos os cadernos de quando estava no presencial do AlfaCon em Cascavel. A motivação é essencial para a preparação em concurso público e é igual banho, é preciso se motivar todos os dias. Sim, já passou várias vezes pela cabeça desistir, mas o sonho da aprovação fala mais alto. É bem comum para nós, concurseiros, abdicar da vida social. No meu caso eu consegui conciliar, ao menos os finais de semana e feriados eu passava com a família e amigos, mas durante a semana minha dedicação era bem intensa. Porém, já sacrifiquei, sim, muitos finais de semana e feriados. Eu sou solteiro e moro com os meus pais, então quanto a isso tudo permaneceu igual. Sobre minha família, eles são meu alicerce e sempre me dão todo o apoio necessário para atingir meus objetivos. Entretanto, alguns colegas acabam se afastando, sim. O primeiro concurso que prestei, foi para Agente de Polícia Federal de 2014 e, infelizmente, por pouquíssimas questões não consegui a aprovação. O mesmo aconteceu na prova do Depen, mas o maior impacto da reprovação veio com a prova da Polícia Federal. Meu estudo é baseado no edital da Polícia Federal e com a saída do concurso da PC-PE eu adaptei algumas coisas com o edital aberto e deu certo. Para minha preparação, não usei técnica específica, estudei 2 matérias por dia e me dedicava a fazer muita resolução de exercício. Acredito que o simples funciona e foi o que fiz com a minha preparação. Ansiedade e nervosismo todos nós temos, mas o grande aprendizado foi na prova de Agente de Polícia Federal de 2014, pois o nervosismo me tirou daquela prova. Eu estudo até o último minuto antes da prova e isso me tranquiliza. Pode até ser clichê o que vou falar, mas digo a todos que estão na luta por um cargo público para que não desistam, por mais que essa ideia passe pela cabeça, não desistam. É indescritível a sensação de ver seu nome na lista de aprovados igual pude ver a minha no concurso da Polícia Civil de Pernambuco. A sua preparação vai encontrar o resultado, hoje ou amanhã, não importa, mas uma hora encontrará com toda certeza. Deixo aqui meu forte abraço e minha confiança em cada um. Confie nos seus sonhos, brother, por mais que alguém chegue e diga, direta ou indiretamente, que você não vai conseguir. Olhe para frente e sacrifique as coisas que precisar para conquistar o seu sonho e se você não estiver disposto a sacrificar é porque esse não é seu sonho.

    Ler depoimento completo
Carregando...